Tratamento de Dados em Pesquisas na Saúde

Em breve

Promover educação permanente de pesquisadores e outros profissionais da saúde interessados no tratamento ético e legal de dados em pesquisa. O enfoque do conteúdo é fundamentar a proteção dos dados pessoais e a aderência às normas vigentes de pesquisas envolvendo bases de dados biomédicos. Pretende-se proporcionar um entendimento das práticas em pesquisa que utilizam dados sobre saúde, contextualizado nas legislações aplicáveis, nas normas de segurança da informação, nas exigências éticas e legais que envolvem pesquisas na saúde.

  • Duração
    15 horas
  • Modalidade
    EaD com atividades síncronas e auto-instrucionais
  • Certificado gratuito
    Emitido pelo CI-IA da UFMG
Logotipo do CI-IA Saúde. Tratamento de Dados em Pesquisas na Saúde
  • Informar os conceitos fundamentais da proteção de dados em saúde;
  • Explorar a legislação e os princípios éticos aplicáveis à pesquisa na saúde;
  • Compreender a responsabilidade civil na pesquisa clínica;
  • Desenvolver estratégias para prevenção de vazamentos de dados;
  • Mensurar resultados da capacitação oferecida pela avaliação dos exercícios práticos oferecidos.
Profissionais de saúde, alunos de graduação e pós-graduação da área das ciências da saúde, exatas ou quaisquer interessados em utilizar os recursos computacionais para análise de dados em saúde, desde que tenham vínculo com as instituições que compõem o CI-IA Saúde.

O avanço das tecnologias de informação e a crescente digitalização dos dados de saúde impõem novos desafios e responsabilidades para os pesquisadores na área da saúde. A proteção desses dados tornou-se uma questão crítica, dada a sua sensibilidade e o potencial de violações de privacidade. A necessidade de compreender e aplicar eficazmente a legislação vigente, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), e as práticas de segurança da informação é indispensável para garantir a integridade e a confidencialidade dos dados tratados. Além disso, a ética na pesquisa requer uma atualização constante dos profissionais envolvidos para enfrentar dilemas emergentes e garantir a confiança do público. Por isso, a formação em Tratamentos de Dados em Pesquisa na Saúde é essencial para capacitar pesquisadores e profissionais a conduzirem estudos de maneira responsável e segura.

O Centro de Inovação em Inteligência Artificial para a Saúde (CI-IA Saúde) foi criado em 2022, através de um acordo de parceria firmado entre instituições públicas, privadas e agências de fomento. Com sede na UFMG, visa a pesquisa e o desenvolvimento de soluções avançadas de IAS, capazes de auxiliar profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento de doenças, e orientar gestores de saúde na programação de ações de prevenção e organização da assistência à saúde. Isso permitirá a otimização dos recursos e melhora da atenção à saúde da população no Brasil. O Plano de Educação e Difusão do Conhecimento do CI-IA Saúde propõe fomentar a apropriação de um conjunto de competências para o uso eficiente e ético de ferramentas próprias da saúde digital, em especial as que envolvem a IAS. Através da educação para saúde digital, formação de pessoas e do desenvolvimento tecnológico com foco em inovação, a abordagem ampla prevê ações nos vários segmentos da sociedade que necessitam de formação nesta área. Espera-se alcançar desde a população em geral até os profissionais de saúde que ainda veem as ferramentas computacionais, tecnológicas e de robótica como distantes e intangíveis na sua formação e na vivência da assistência.

Imagem simbolizando o envio de informações. Contém uma nuvem, um ícone de uma pasta e trações artísticos.

Ficou interessado?

Deixe seu e-mail e lhe avisaremos quando novas ofertas deste curso estiverem disponíveis.

Pronto!

Nós te avisaremos assim que este curso estiver disponível. Obrigado!